Cinema

publicidade
02 de julho de 2012 • 17h18

Alice Braga sobre 'na Estrada': "quase chorei quando fui convidada"

"Sempre sonhei em trabalhar com ele", disse Alice Braga sobre trabalhar com Walter Salles
Foto: Divulgação
 
Marina Azaredo
Direto de São Paulo

Para Alice Braga, estar em Na Estrada, novo filme de Walter Salles, adaptação do livro On the Road, é uma "coincidência perfeita". "Eu admiro o trabalho do Walter desde o início. Sempre sonhei em trabalhar com ele. E ter conseguido isso com esse filme, adaptado do livro do Jack Kerouac, que eu li aos 17 anos e que me inspirou demais, foi perfeito", disse a atriz em entrevista coletiva para promover o longa na manhã desta segunda-feira (2) em São Paulo.

Descubra o Sundaytv e tenha acesso ao melhor do cinema e da TV

Ela contou que quase chorou ao receber o convite para interpretar Terry, uma catadora de algodão, no longa. "Quando ele mandou um email me convidando, eu quase chorei e topei na hora. O Waltinho é uma referência no nosso cinema. Ele coloca os personagens em belas jornadas, que não são apenas físicas, mas também espirituais", disse Alice sobre o cineasta, que também dirigiu dois road movies antes de Na Estrada: Central do Brasil e Diários de Motocicleta.

Walter, que também participou da entrevista coletiva, devolveu os elogios de Alice. "A Terry é uma mulher muito independente, à frente de seu tempo. Ela é mãe solteira e tem uma relação passageira com o protagonista, Sal Paradise (vivido por Sam Riley). Eu não queria que ela tivesse nenhum traço de culpa e a Alice fez isso de uma maneira muito luminosa. Ninguém teria feito tão bem quanto ela", elogiou o diretor.

Alice disse que o filme, que narra a jornada de dois jovens em busca da última fronteira americana e à procura deles mesmos, é um retrato do que falta à sua geração e à geração que vem depois da dela - a atriz tem 29 anos. "Nós vivemos de maneira muito protegida, quase que já feita, muito por causa da facilidade de comunicação que existe hoje. Espero que o filme faça os jovens refletirem sobre o que estão fazendo com as suas vidas", disse.

A atriz ainda elogiou o trabalho de Kristen Stewart, que interpreta a jovem Marylou no filme e é considerada uma escolha um tanto polêmica de Walter, já que é mais conhecida pelos filmes da saga Crepúsculo. "A Kristen é uma grande atriz dessa geração, vai muito além do Crepúsculo. A falta de pudor dela para fazer cenas de sexo é genial", destacou.

Na Estrada estreia no Brasil no dia 13 de julho. Viggo Mortensen, Kirsten Dunst, Amy Adams e Elisabeth Moss também estão no elenco.

Terra