Cinema

publicidade
03 de setembro de 2012 • 18h37 • atualizado em 04 de Setembro de 2012 às 11h08

Ator de 'À Espera de um Milagre' morre aos 54 anos

O ator Michael Clarke Duncan morreu na tarde desta segunda-feira (3), aos 54 anos, em um hospital de Los Angeles, informou a agência AP. Conhecido por sua atuação no filme À Espera de um Milagre, de 1999, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante, Duncan sofreu um infarto no dia 13 de julho e foi hospitalizado.

Descubra o Sundaytv e tenha acesso ao melhor do cinema e da TV

Segundo o TMZ, a morte de Duncan ocorreu de forma repentina. Omarosa Manigault-Stallworth, sua noiva, se ausentou por um curto período de seu quarto no hospital e, quando voltou, o ator havia morrido. Ela estava acompanhada da mãe.

"Manigault-Stallworth está muito agradecida por todas as orações e neste momento pede privacidade. As celebrações por sua vida, tanto a pública como a privada, serão anunciadas nos próximos dias", informou um comunicado emitido à imprensa.

Ainda de acordo com o TMZ, no momento do ataque cardíaco, que ocorreu por volta das 2h do dia 13 de julho, Duncan também estava com Stallworth, que é conhecida por participar do programa de TV The Apprentice. Ao identificar o estado do ator, Stallworth o reanimou com uma massagem torácica, antes que ele fosse levado para um hospital de Los Angeles.

Desde então, o estado de saúde de Michael Duncan era estável.

Carreira
Antes de se tornar ator, Michael Clarke Duncan foi segurança de alguns astros de Hollywood como Will Smith e Martin Lawrence. Por seu porte físico, era chamado para fazer pontas como segurança em filmes. Seu primeiro longa foi Fryday, em 1995, em um papel pequeno.

Em 1998, Michael atuou em Armageddon. Por indicação de Bruce Willis, o ator foi escalado para estrelar o longa À Espera de um Milagre. Ele também atuou em Meu Vizinho Mafioso, Planeta dos Macacos, Spot - Um Cão da Pesada, O Escorpião Rei, Sin City, entre outros, além de fazer dublagens em animações.

Terra