0

Filme francês 'Un Prophète' dispara na cotação dos críticos

17 mai 2009
20h00
atualizado às 20h09

Tanto a americana Screen quanto a francesa Les Film Français, que mantêm júris com jornalistas especializados numa votação diária em Cannes, elegeram como melhor filme exibido até agora na competição o concorrente francês Un Prophète . Pode-se entender a preferência dos jurados da revista do país anfitrião pelo filme de Jacques Audiard, afinal são todos críticos locais.

» Concorrentes da Inglaterra e Itália trazem paixão e futebol ao Festival de Cannes
» Vaia sonora encerra expectativa pelo terror dirigido por Lars Von Trier
» Tarantino prestigia première de 'Kinatay'
» Acompanhe o blog 'Diário de Cannes'

Mas a tabela da Screen abrange um time internacional, com representantes de oito países, além dos Estados Unidos. Mesmo ali, o drama de prisão sobre um jovem árabe que faz sua iniciação no mundo pesado do crime e dos gângsters e ascende na "carreira" ultrapassou o favorito até então, o romance de época Bright Star , de Jane Campion.

No último sábado (16/5), alguns jornais franceses, como o Journal du Dimanche , chegaram a saudar Un Prophète como a possível Palma de Ouro. À parte a "patriotada", o filme realmente é bom e tem pique para prêmios significativos, inclusive o de melhor ator para o estreante Tahar Rahim .

Decepcionante foi a avaliação da simpática comédia dramática de Ang Lee, Taking Woodstock , justamente sobre como aconteceu a idéia desse que é um momentos chaves da liberação de costumes nos Estados Unidos. O encontro hippie de mais de 200 mil pessoas em 1969 não encantou os jornalistas das duas publicações.

Cena do filme 'Un Prophete'
Cena do filme 'Un Prophete'
Foto: Divulgação
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade
publicidade