PUBLICIDADE

Nicette Bruno vive solitária em filme e é homenageada em festival

13 jun 2011 08h33
| atualizado às 13h52
Publicidade

Uma das homenageadas da 21ª edição do Cine Ceará, Nicette Bruno subiu ao palco do Teatro José de Alencar, em Fortaleza, para receber o troféu Eusébio Oliveira pelo conjunto da obra. A atriz, que compete com o curta A Casa das Horas, falou sobre o filme em que interpreta uma senhorinha esquecida pelo filho no dia de seu aniversário."Graças a Deus, eu sou muito diferente da Celeste. Tenho três filhos e sete netos", conta ela, que, ao contrário da personagem, tem uma vida atribulada.

» Alugue ou Compre Vídeos no Terra Video Store

No filme de Heraldo Cavalcanti, a personagem desenvolve uma relação com atendentes de telemarketing. "É a única referência de carinho que ela tem. Já eu evito. Ligam muito. Não dá para atender".

Segundo Heraldo, que a dirigiu, a atriz é de uma simplicidade incrível. "Não tínhamos muita verba, mas reservamos um bom restaurante para ela e levamos a equipe para um mais simples. Mas a Nicette fez questão de fazer a refeição junto com a equipe", derrete-se ele. "Não fazemos nada sozinhos¿, entrega a veterana, que voltou correndo ao Rio para passar o Dia dos Namorados ao lado do maridão, Paulo Goulart.

Fonte: O Dia
Publicidade