4 eventos ao vivo

Oprah Winfrey e James Earl Jones ganham Oscar honorário

13 nov 2011
20h02
atualizado às 20h59

A apresentadora e atriz Oprah Winfrey e o ator James Earl Jones foram homenageados na noite do último sábado na premiação do Conselho da Academia de Hollywood com um Oscar honorário, informa neste domingo a revista The Hollywood Reporter.

Infográfico: Confira os 40 personagens mais sexy do cinema e vote no seu preferido
Infográfico: Veja 30 filmes aterrorizantes e vote no que mais te assustou
Alugue ou Compre vídeos no Terra Video Store

Oprah Winfrey (foto de arquivo) é premiada com Oscar
Oprah Winfrey (foto de arquivo) é premiada com Oscar
Foto: Getty Images

O maquiador Dick Smith, de filmes como O Exorcista e O Poderoso Chefão e Jones obtiveram estatuetas em reconhecimento a suas trajetórias profissionais, enquanto Oprah, que já foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 1985 por A Cor Púrpura, recebeu o prêmio humanitário Jean Hersholt.

Conhecido pela dublagem de Darth Vader na saga Star Wars (Guerra nas Estrelas), Jones agradeceu pelo prêmio com um vídeo enviado de Londres, onde protagoniza a peça teatral Conduzindo Miss Daisy.

"Estou profundamente honrado, francamente agradecido e simplesmente surpreso", disse o ator, de 80 anos, que estreou no cinema em 1964, com o filme Dr. Fantástico.

Em sua carreira, Jones apareceu em mais de 50 filmes, mas só foi indicado ao Oscar uma única vez, em 1970, quando interpretou um boxeador em A Grande Esperança Branca.

O veterano intérprete recebeu homenagens de Alec Baldwin, que disse que sempre sonhou com uma carreira como dele, e Glenn Close, que também exaltou sua qualidade como ator. Já Oprah foi recebida por seus amigos John Travolta e Maria Shriver, ex-mulher de Arnold Schwarzenneger.

"Nunca me imaginei recebendo um Oscar, e muito menos por algo que acho que é parte de minha missão nesta vida, do meu ser", disse Oprah, que agradeceu ao produtor Quincy Jones por ter descoberto seu talento em um programa da televisão local de Chicago.

O maquiador Dick Smith - que recebeu o prêmio de Linda Blair, protagonista de O Exorcista -, foi reverenciado pela atriz, que lembrou que ser transformada em um ser possuído com uma cabeça giratória: "provavelmente não foi tão divertido como para Dick".

O roteirista e diretor J.J. Abrams (Lost) contou que, quando criança, escreveu uma carta para Smith exaltando sua admiração, e o maquiador respondeu enviando "uma língua de O Exorcista".

Smith, que só recebeu um Oscar em sua carreira, por Amadeus (1984), se desculpou pelo breve discurso, justificando que sua memória "já não é muito boa". "Nunca esquecerei esta noite, do fundo do meu coração", disse Smith, de 89 anos.

A realização da cerimônia encerrou uma tumultuada semana em Hollywood, depois que a demissão de um produtor provocou a renúncia do ator Eddie Murphy na apresentação da próxima edição do Oscar, que será realizada no dia 26 de fevereiro de 2012.

No lugar de Eddie Murphy, o ator Billy Crystal, pela nona vez em sua carreira, será o mestre de cerimônias da célebre premiação.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade