PUBLICIDADE

'Guerra ao Terror' leva Melhor Edição de Som e Melhor Som

8 mar 2010 00h26
| atualizado às 05h45
Publicidade

Guerra ao Terror leva o prêmio de Melhor Edição de Som e Melhor Som.

A categoria de melhor edição de som passou a integrar as cerimônias do Oscar a partir da década de 1960 e, durante o período, era entregue em apenas algumas edições como prêmio honorário, sem indicados.

A partir dos anos 1980, consolidou-se como uma categoria da cerimônia ¿ que já tinha ganhado as tradicionais quatro horas de duração e já não se sustentava dos extensos discursos dos atores e atrizes.

Para quem não sabe, a edição de som avalia se os efeitos sonoros estão adequados às cenas de um determinado longa-metragem. Outros aspectos técnicos também são avaliados, como a forma do áudio ¿ o jeito que ele foi cortado, como foi feita a dinâmica de entrada e saída dos sons, além das sobreposições (união de vários sons ao mesmo tempo).

Já a categoria de melhor som está presente no Oscar desde sua primeira edição, premiando os técnicos de mixagem e produção pela qualidade do áudio durante as projeções. Refere-se sempre à acústica e, portanto, deveria ser votado por especialistas ¿ o que nem sempre acontece na Academia. Embora existam críticos a respeito da categoria, os organizadores afirmam que existe total diferença entre trilha, som e edição de som ¿ referindo-se a música, qualidade e forma, respectivamente.

Ray Beckett e Paul N.J. Ottosson agradecem ao Oscar de Melhor Edição de Som por 'Guerra ao Terror'
Ray Beckett e Paul N.J. Ottosson agradecem ao Oscar de Melhor Edição de Som por 'Guerra ao Terror'
Foto: Kevin Winter / Getty Images
Fonte: Terra
Publicidade