3 eventos ao vivo

Sessão de cinema é dedicada exclusivamente a mamães e bebês

9 mai 2013
07h07
  • separator
  • comentários

Ao tornar-se mãe, é comum a mulher abrir mão de alguns programas, devido ao comportamento e aos cuidados dedicados ao bebê. Pegar um cineminha parece uma atividade impensável quando se tem de lidar com choro, troca de fraldas e amamentação. Para solucionar esse impasse, foi criado o CineMaterna, um projeto que abre as portas das salas de projeção para as novas mamães com crianças de até 18 meses.

A ideia surgiu de um grupo de discussão sobre parto humanizado e maternidade ativa. “Nossa proposta é convidar mães para um passeio acolhedor, onde ela possa conhecer outras mulheres na mesma situação e, assim, voltar a ter uma vida social”, explica Taís Viana, co-fundadora do projeto.

Adaptadas, as salas de cinema contam com som e ar-condicionado suaves, para não irritar os pequenos. “Os filmes são para adultos e os bebês acabam dormindo tranquilos durante a sessão”, acrescenta Taís. Para não atrapalhar os pimpolhos, as luzes ficam levemente acesas durante a exibição do longa-metragem, além de haver um espaço para “estacionar” os carrinhos de bebê e trocadores.

Quem quiser ainda pode curtir o filme enquanto brinca com o filho, em um tapete localizado logo na primeira fila. Ao fim de cada sessão, o grupo de mães se reúne para bater papo, sempre acompanhado de um bom cafezinho.

Para participar, porém, é preciso ficar atenta a algumas regrinhas. Fotos, por exemplo, são permitidas apenas sem flash e brinquedos que pisquem ou emitam sons não são bem-vindos. Um chorinho é normal, mas quando é muito alto acaba atrapalhando, inclusive o sono dos coleguinhas. "Por isso, pedimos para que as mães, nesse caso, deem uma voltinha fora da sala com o bebê, para acalmá-lo”, diz Taís.

Ingressos e programação
Com programações mensais, em parceria com redes de cinema espalhadas pelo País, as sessões acontecem durante a semana, sempre no começo da tarde. Para conferir, basta ir ao cinema no dia marcado e comprar o ingresso, ao custo médio de R$ 15 (inteira). Pais, avós, tias e amigos também podem acompanhar.

A programação pode ser encontrada no site do CineMaterna. Na página oficial, quem se cadastra recebe a lista de encontros completa por e-mail e ainda ganha o direito de votar no filme que quer assistir na próxima ida ao cinema.

Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade