3 eventos ao vivo

Brad Pitt quase interpretou William Wallace no lugar de Mel Gibson em Coração Valente

E se?

21 abr 2017
09h18
  • separator
  • comentários

A tentação de se perguntar "E se?" é inevitável quando se levanta a lista de atores que foram sondados para o elenco de filmes importantes de Hollywod e poderiam ter interpretado papéis icônicos. Will Smith poderia ter sido Neo em Matrix, Al Pacino poderia ter sido Han Solo em Guerra nas Estrelas, Sharon Stone poderia ter sido Rose em Titanic... A lista "futuro pretérito" é vasta e acaba de ganhar mais um nome.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Hoje é impossível pensar no clássico épico medieval Coração Valente sem lembrar do rosto pintado de Mel Gibson como o protagonista no campo de batalha, mas o papel do guerreiro escocês William Wallace poderia ter ficado com Brad Pitt, ná época com 31 anos de idade.

O site The Hollywood Reporter publicou uma matéria sobre o desenvolvimento do longa-metragem de 1995, que venceu cinco estatuetas no Oscar, incluindo melhor filme e melhor diretor, e revelou que por pouco Gibson, diretor e estrela da obra, não ficou de fora do projeto por conta de desentendimentos com a Paramount Pictures.

No início da década de 1990, pouco depois de dirigir O Homem Sem Face e viver Martin Riggs em Máquina Mortífera 3, Gibson, aos 30 e tantos anos de idade estava no "estágio Bradley Cooper-Leonardo DiCaprio" de sua carreira, em suas próprias palavras.

Após entrar em acordo com a Paramount, Gibson concordou em dirigir Coração Valente, um filme sobre o líder militar escocês que comandou um exército de conterrâneos contra a dominação da Inglaterra do rei Eduardo I no século XIII. "Depois de cogitar ter Brad Pitt como estrela do filme, ele aceitou, com relutância, interpretar o papel principal", diz a reportagem.

Gibson negociou com a Paramount um orçamento que estava entre US$ 65 e US$ 70 milhões, sendo que a 20th Century Fox pagaria dois terços deste valor para ter os direitos de distribuição do filme fora dos Estados Unidos. Entretanto, posteriormente, os executivos da Paramount ofereceram apenas US$ 15 milhões para o orçamento do filme, menos do que Gibson tinha acordado antes, o que causou um rompante de fúria no ator. "Ele pegou um grande cinzeiro de vidro e o jogou contra a parede. Ele jogou um cinzeiro na parede!", recorda o agente Jeff Berg.

Consegue imaginar Brad Pitt como William Wallace? Prefere nem pensar nisso por ser fã da atuação de Gibson no papel? Deixe sua opinião nos comentários.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade