PUBLICIDADE

Patricia Arquette critica Oscar por esnobar irmã transexual

Alexis trabalhou em dezenas de longas-metragens e séries de televisão.

1 mar 2017 - 11h15
(atualizado às 11h28)
Compartilhar
Exibir comentários

A cerimônia do Oscar 2017 foi repleta de erros. Além da troca de envelopes na hora de anunciar o troféu de melhor filme, a seção In Memoriam, dedicada às personalidades do cinema falecidas no último ano, incluiu a fotografia da produtora Jan Chapman, viva e saudável.

Uma atriz esquecida entre os homenageados foi Alexis Arquette, irmã transexual de Patricia Arquette, Rosanna Arquette e David Arquette (no centro, entre as irmãs)
Uma atriz esquecida entre os homenageados foi Alexis Arquette, irmã transexual de Patricia Arquette, Rosanna Arquette e David Arquette (no centro, entre as irmãs)
Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Para piorar a situação, a homenagem ignorou nomes relevantes da indústria. Uma atriz esquecida entre os homenageados foi Alexis Arquette, irmã transexual de Patricia Arquette, Rosanna Arquette e David Arquette (acima, no centro, entre as irmãs). Alexis trabalhou em dezenas de filmes como Pulp Fiction e Juntos e Misturados, além de atuar nas séries Californication e Friends.

Patricia expressou a indignação pela ausência da irmã entre os homenageados, embora diga "não estar surpresa": "A realidade é que pessoas transexuais são ignoradas o tempo inteiro em nossa cultura e nossa comunidade. Elas têm seus direitos civis retirados. São uma comunidade muito desrespeitada".

"Eu acho que isso representa um verdadeiro desprezo pela comunidade transexual, especialmente neste momento", continua a atriz vencedora do Oscar por Boyhood. "Crianças transexuais nunca podem olhar para alguém e ver seus heróis, e acredito que isso seja um grande erro".

O comentário vem no momento em que Donald Trump retirou o direito de transexuais usarem o banheiro público de sua preferência, algo que havia sido aprovado durante a gestão Obama.

A família Arquette sempre apoiou a transição de gênero da irmã, colaborando inclusive para a realização do telefilme Alexis Arquette: She's My Brother (2007).

Veja também:

"Moonlight" rouba a cena após erro histórico no Oscar:
Academia de Hollywood pede perdão pelo erro no Oscar:
AdoroCinema
Compartilhar
Publicidade
Publicidade