1 evento ao vivo

Quanto valem e o que significam as mansões das protagonistas de Big Little Lies

As casas das "mulheres ricas de Monterey" foram pensadas dentro do contexto socioeconômico da trama.

19 mar 2017
08h52
  • separator
  • comentários

Big Little Lies estreou na HBO chamando a atenção do público por um fato: o elenco estelar que reuniu. A série é protagonizada por Reese Witherspoon, Nicole Kidman, Shailene Woodley, Laura Dern, Zoë Kravitz, Alexander Skarsgard e Adam Scott; mas há ainda um oitavo elemento que não passa despercebido ao longo dos episódios: as belíssimas locações.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

A revista People entrevistou o responsável pelos sets, Gregory Alpert, o gerente designado para encontrar e alugar as casas que serviriam de cenário para a temporada. Isso mesmo: todas aquelas mansões existem de verdade. Alpert explica que até mesmo a localização de cada uma delas tem um motivo específico dentro da trama, sobretudo as residências de Renata Klein (Dern), Celeste Wright (Kidman) e Madeline MacKenzie (Witherspoon). Todas elas se localizam de frente para o mar, mas é a altura que conta; a casa de Renata é localizada mais no alto, e a intenção é justamente sugerir que ela está olhando de cima para baixo para os seus vizinhos de Monterey, Califórnia. A mansão de Celeste é rodeada de árvores e fica literalmente em um penhasco. Já a de Madeline é a que fica no nível do mar. "[O diretor] Jean-Marc [Vallée] tinha uma ideia de como as casas iriam jogar baseadas no nível sócioeconômico dos personagens", explicou.

A New York Magazine chegou até a apurar o valor real de cada uma das mansões. É interessante observar que apenas uma delas fica realmente em Monterey, e as outras ficam em Malibu. Quanto ao valor real, também não correspondem exatamente ao que representam na série. Veja abaixo.

Madeline e Ed Mackenzie
Localizada em: Malibu
Custa: US$ 14,8 milhões (R$ 46 milhões)


Na série, a casa de Madeline (Witherspoon) e Ed (Scott) é a de menor valor comparada às de Renata e Celeste, mas na realidade é a mais cara entre as três. Localizada à beira-mar, o objetivo é transmitir que representa o menor nível socioeconômico, mas ainda assim o visual é deslumbrante.


"As pessoas que vivem aqui vão conhecer essa casa", disse Alpert. "Nós vasculhamos toda a costa procurando por uma casa e paramos nessa no sul da Califórnia [...] Essa aqui é a casa de praia padrão de Malibu, e além da linda vista, tem um belo interior, aquela bela ilha na cozinha, que o Jean-Marc usa bastante."

Celeste e Perry Wright
Localizada em: Península de Monterey
Custa: US$ 6 milhões (R$ 18 milhões)


A casa de Celeste (Kidman) e Perry (Skarsgard) foi a mais difícil de encontrar. Inicialmente, a equipe havia selecionado outra locação, mas no último minuto houve um contratempo e eles precisaram correr contra o relógio em busca de outra. E a escolhida foi encontrada com a ajuda do Google Earth e do Google Maps.


"A casa da Celeste é a mais mágica de todas. Na primeira vez que entrei, tive uma epifania. Fiquei maravilhado com a vista. E acabou se tornando um lugar bem melhor para aquela família", refletiu em comparação à anteriormente escolhida.


No universo da série, a localização da casa significa que os Wright têm influência maior que a de Madeline e Ed, mas menor que a dos Klein. E Alpert avisa: nesse caso, o quarto, banheiros e closet da família foram construídos no set. "Quando você vê Nicole na cama, você quer que ela tenha uma vista para oceano, então aquilo foi construído no set, e um fundo verde foi usado. Acho que nós realmente elevamos a casa nesses termos", concluiu.

Renata e Gordon Klein
Localizada em: Malibu
Custa: US$ 12,4 milhões (R$ 38,5 milhões)


Geograficamente acima de todas as outras, a mansão dos Klein já foi usada diversas vezes em outras séries, filmes e clipes musicais. "Eu estava resistente, e até demonstrei isso a Jean-Marc, mas nós apresentamos a casa e ele a escolheu, e então eu fiquei me chutando por isso", disse Alpert. "Senti que estava fazendo um desserviço à série. Mas então eu me lembrei de ter assistido ao primeiro episódio e então a Renata está lá no topo do mundo, uma taça de vinho na mão, comentou destacando que a fotografia foi tão bem feita que mostrou a casa de um ângulo que ele nunca havia visto antes."


Para Alpert, o que realmente se destaca na casa não é nem a escada em espiral ou o enorme espaço que tem na sala de visitas, mas sim o terraço, que passa justamente a impressão que Jean-Marc Vallée desejava: a de que Renata pode ver tudo e todos dali, e que teria Monterey às suas mãos sem precisar sair de casa.

Jane Chapman
Localizada em: Pasadena
Custa: US$ 520 mil (R$ 1,6 milhões)


O bangalô de Jane tem apenas o seu exterior filmado na locação. Toda a parte interna foi construída nos estúdios, "justamente porque pareceu melhor nas fotos do que era na realidade", argumentou Alpert.

E ele explica: "Com todas as outras casas, Jean-Marc queria transmitir que se você não está vendo o mar, você pode ouví-lo. Mas Jane tem um relacionamento diferente com a água. Ela não vive perto do mar mas você vê algo único e diferente acontecendo porque pode observar suas pegadas na areia."

Big Little Lies é produzida por Jean-Marc Vallée e David E. Kelley, com base no livro homônimo de Liane Moriarty ("Pequenas Grandes Mentiras", em edição nacional). Os episódios inéditos vão ao ar na HBO, todos os domingos, às 23h. A temporada contará ao todo com oito episódios.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade