PUBLICIDADE

Slender Man, o monstro que nasceu como brincadeira, motivou um crime real e agora vai se tornar ficção no cinema

No começo, era só um concurso no Photoshop.

5 jan 2017 10h59
ver comentários
Publicidade

Às vezes, o mito em torno do monstro se torna mais forte que o próprio monstro.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

O Slender Man ("homem esbelto", em tradução literal) nasceu como parte de um concurso de Photoshop, em 2009. O usuário Eric Knudsen criou um homem excepcionalmente alto e magro, com longos braços, sem rosto. A figura assustadora aparecia em imagens atrás de crianças.

Desde então, o personagem se tornou parte do folclore popular, uma lenda urbana como a "Loira do banheiro" no Brasil. Ele foi explorado em desenhos, videogames e diversos filmes de terror de baixo orçamento. 

Mas a brincadeira se tornou séria quando duas garotas americanas de 12 anos de idade esfaquearam uma colega e deixaram o corpo na floresta em 2014. A motivação do crime foi o medo do Slender Man: elas acreditaram nas amigas da escola que lhes disseram para praticar o assassinato, senão o vilão mataria as suas famílias. O episódio é retratado no documentário Beware the Slenderman, da HBO. Veja o trailer abaixo.

Agora, o monstro vai ganhar uma ficção de grande orçamento nos cinemas. O diretor Sylvain White (Os Perdedores, Assassinato em Quatro Atos) vai começar a filmar Slender Man durante a primavera americana (outono no Brasil). O roteiro é de David Birke, autor do excelente suspense Elle. O elenco ainda não foi definido.

Os distribuidores da Screen Gems (os mesmos das franquias Resident Evil e Anjos da Noite) marcaram a estreia para fevereiro nos Estados Unidos. Ainda não existe data de lançamento no Brasil.

AdoroCinema
Publicidade
Publicidade